Homofobia: técnico da GVT altera nome da rede de Wi-Fi de casal gay para ‘viadão’

Um casal gay, dono de uma casa de chás em Boa Viagem, na zona sul do Recife, diz ter sido vítima de um crime de homofobia por um funcionário da GVT que foi ao estabelecimento fornecer serviços de telefonia e internet. Os dois homens, que são casados há três anos, tiveram o nome de sua rede de Wi-Fi mudado para “viadão” após o funcionário deixar o local, na tarde da última sexta-feira (18).

b7b7a-qb2b1

Em nota, a Telefônica Vivo, dona da GVT, afirmou que “se constatada a conduta incorreta, totalmente conflitante com a orientação da companhia, tomará medidas administrativas rigorosas e reforçará ações de orientação para evitar que situações desse tipo voltem a ocorrer”.

De acordo com as vítimas, Rodrigo Vilar e Giorgio Nilton da Silva, a loja estava sem conexão de internet e telefone. Após a realização do serviço, tudo voltou a normal e o técnico foi embora. O casal só percebeu que o nome do Wi-Fi tinha sido alterado quando clientes disseram não conseguir encontrar a antiga rede, que levada o nome da loja. O casal reuniu provas, como imagens das câmeras de segurança da casa de chás, e pretende entrar na Justiça contra a GVT.
Caso aconteceu em Boa Viagem, na zona sul do Recife

Fonte: Jornal do Brasil – País – Homofobia: técnico da GVT altera nome da rede de Wi-Fi de casal gay para ‘viadão’

Anúncios