Retrocesso à vista: Além do PSDB, Temer inclui o DEM no governo e remete o Brasil aos anos 1990

Ideias e propostas para recuperação do Brasil sugerem apagar os oito anos de Lula à frente do Governo, e o objetivo cada vez mais claro é diminuir perante os brasileiros todo o legado do líder petista.

Retrocesso à vista, principalmente no que tange as conquistas sociais, é o que o Brasil pode esperar do novo “velho” governo Temer que pouco se importa com desgaste que isso pode provocar, pois o objetivo é acabar com benefícios do Governo aos governados.

Pelos planos de Temer, o PSDB comandará dois ministérios. Inicialmente, reservaram-se para os tucanos as pastas da Educação e das Cidades. O desejo de Temer é o de que o senador José Serra assuma a primeira.

Para o DEM, será destinado um ministério, provavelmente o das Comunicações. Por ora, os nomes mais cotados são os de José Carlos Aleluia (BA) e Mendonça Filho (PE). Temer cogita também indicar Rodrigo Maia (RJ) para a função de líder do governo na Câmara.

Fonte: Além do PSDB, Temer inclui o DEM no governo – Política – Política

7baf8-reinaldo2bcruz2b-2b-fw1

Anúncios