“Um bobo não vira governador quatro vezes nunca né”, diz Taveira sobre Marconi em grampo da PF

José Taveira Rocha, preso na Operação Decantação, foi interceptado com diretor de Gestão da companhia de saneamento, Robson Salazar.
Atualmente, em seu quarto mandato, a campanha do tucano teria sido beneficiada com recursos ilícitos do esquema Saneago – desvio de recursos da companhia para agentes públicos e financiamento de partidos políticos.
“Um bobo não vira governador 4 vezes nunca né”, diz Taveira.

Os investigadores anotam que, no diálogo capturado pela Federal, o presidente e o diretor da Saneago ‘tratam da elaboração e execução de operações ilícitas e percentagem de valores, possivelmente de propinas, da ordem de R$ 6 milhões e correspondente a 3% do valor do contrato negociado’.

Leia mais… ‘Um bobo não vira governador quatro vezes nunca né’, diz executivo sobre Perillo em grampo da PF

Anúncios