Exterminio da classe política? Sérgio Moro diz que Brasil pode não sobreviver à delação da Odebrecht

Há partes na delação de Odebrecht, que não vieram a publico, ainda mais escandalosas, daquelas que deixaria abismado até o mais incrédulo dos brasileiros. Trechos estes que especulações dão conta que aparecem Aécio Neves, Michel Temer e Lula como protagonistas, e com eles uma turma gigante de coadjuvantes que durantes anos sangraram os cofres públicos ou foram beneficiados pelos saques.

4733570-high1

Juiz da Lava Jato teria feito o seguinte comentário a um interlocutor de Brasília, segundo a revista Veja: “Pela extensão da colaboração, haverá turbulência grande. Espero que o Brasil sobreviva”; trechos da delação já incriminaram o ministro das Relações Exteriores, José Serra, que segundo executivos recebeu R$ 23 milhões em propina da empreiteira por meio de uma conta na Suíça, e o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que teria recebido doações de campanha em troca da participação da construtora nas obras do Rodoanel, em São Paulo.

Fonte: Moro diz que Brasil pode não sobreviver à delação da Odebrecht | Brasil 24/7

Anúncios