Incompetente Governo de Goiás anuncia terceirização de rodovias e revolta população

A licitação prevê que a empresa escolhida terá a concessão das rodovias por 30 anos, explorando pedágios que terão valor unificado. O projeto prevê uma praça de cobrança a cada 50 km.
“Vai ganhar a empresa que oferecer o menor valor do pedágio. Com isso, ela passa a cuidar da manutenção da rodovia e pode explorar através do pedágio. A empresa não vai repassar nenhum recurso para o estado, mas a economia anual para os cofres será de cerca de R$ 60 mil por quilômetro”, disse o presidente da Agetop, Jayme Rincón.

Fonte: G1

Anúncios